Páginas

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Solteiras-Noivas-Casadas.blogspot.com: Coisas que não gosto na Blogosfera

Solteiras-Noivas-Casadas.blogspot.com: Coisas que não gosto na Blogosfera: Tudo bem, Meninas ?  Hoje vai ter polêmica aqui no blog! kkkkkkk... Vou postar as coisinhas que eu não gosto na blogosfera. Lendo um bl...

Até quando vamos viver assim?


Imagem daqui.

Será possível que o ditado " O brasileiro só fecha a porta quando é roubado" resista a tantas catástrofes, desastres e tragédias.
Fico chocada com a falta de compromisso dos brasileiros, quando a gente diz que o Brasil é a terra do “Oba! Oba!" ha quem discorde. Como sempre digo: toda regra tem exceção e não generalizo quando falo de Brasil, sei que ainda tem  gente descente e que se preocupa com os outros, mas são poucas.
Agora a pouco, vendo o jornal, vi que mesmo com o desastre da Boate Kiss, em Santa Maria (RS), parece que alguns jovens não aprenderam. Em uma reportagem feita ontem à noite, mostraram boates super lotadas e sem saída de emergência, tudo porque não querem ter prejuízos com as comandas, pois sem pagar a comanda ninguém pode sair e se tiver saídas de emergência o sistema de cobrança de comandas fica comprometido.
Aí eu pergunto: que povo é esse que se presta a esse papel?
Os baladeiros pegam filas enormes pra entrar numa boate. No fim, pra poder ir embora, pegam outra maior ainda pra pagar a conta. Que diversão trabalhosa essa!
Mas o que mais me desagrada é ver que mesmo com o fato lamentável de Santa Maria (RS), nada irá mudar, vai ser necessário mais e mais desastres desse tipo pra que as coisas mudem, afinal a maior preocupação dos donos de Boates não é a diversão e sim o lucro, o dinheiro, mesmo que pessoas morram sufocadas, espancadas, pisoteadas, enfim, o mais importante mesmo é o dinheiro.
E os jovens vão continuar indo pra baladas mesmo com lotação  acima do permitido, sem saídas de emergências e os menores vão tentar de tudo pra entrarem na onda, pois querem ser independentes, curtir a vida, experimentar de tudo, mesmo que pra isso ponham em risco sua integridade física ou a própria vida.
É minha gente, a coisa só é ruim, ou só incomoda quando é com a gente.
Não vai demorar muito pra essa tragédia gingante ser colocada de lado. Os únicos que vão conviver com isso pro resto da vida e nunca irão esquecer serão os parentes das vítimas, os sobreviventes e a cidade de Santa Maria.
Será que vai mudar alguma coisa em relação aos Alvarás de funcionamento, ás vistorias, às liberações para funcionamento, ao método de cobrança desses estabelecimentos?
Acho que não. Gostaria muito de me enganar, muito mesmo.
Sem mais me despeço com grande tristeza e revolta, tristeza pelas vítimas do incêndio e revolta pela falta de compromisso do Povo e do Poder Público.

Um forte Abraço.
Kelly.

Promoção Designers da Dinha Ponto Cruz

 




        Promoção Designers da Dinha 

        Para participar clik aqui! ou então no banner da promoção, na latera!
                                                     Boa sorte para todos!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

LISBOA


http://2.bp.blogspot.com/_ap6EgFvZTSE/Sxg_AEGn26I/AAAAAAAAALE/ZQ6DqxYwwGw/s1600/despedidas3.gif
( Imagem retirada da Galeria do Google)


O que você fez Do nosso amor
Por que tudo teve de acabar assim?
Toda alegria transformada em dor
Eu sem você, e você sem mim.

Eu sei que não fui nenhum malfazejo
Não fui leviana com sua pessoa
Quando te falei sobre meu desejo
De ser tua amiga querido Lisboa.


A tua resposta foi aceitação
Trocamos abraços, estavas passivo
Nada demonstrou, pois de antemão
Em te não havia sinais depressivo.

Palavras tão simples, consequências forte.
De uma vira volta tudo aconteceu
Daí ocorreu tua triste morte
Muitos te amaram ninguém te esqueceu.


Escrito por Lindalva Aragão (minha mãe).  Esse poema foi criado baseados nos sentimentos dela depois da morte do meu Pai (ele se chamava Lisboa), que pelo alcoolismo viu sua vida se findar.

Abraço a todos.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

A verdade de quem ama!






O amor é assim imprevisível
Ele chega e se vai sem avisar
Faz-nos rir logo após nos faz chorar
Entender o amor é impossível

O amor nos faz herói invencível
Quando outrora ele nos faz fraquejar
Muitas vezes não queremos aceitar
Mas para o amor tudo é admissível

O amor poderia ser assim
Só trazer o é bom nada ruim
Mas ninguém pode amar e não sofrer

Se alguém professar que isso existe
Na verdade ele estar dizendo chiste
Pois amor sem dor não pode haver.

Soneto de LIndalva Aragão
(minha mãe!)

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Carta de uma de uma mãe para sua filha.

 


 
 Carta de uma mãe para sua filha. (mas que serve também para o filho)

“Minha querida menina, no dia que você perceber que estou envelhecendo, eu peço
a você para ser paciente, mas acima de tudo, tentar entender pelo o que estarei
passando.

Se quando conversarmos, eu repetir a mesma coisa dezenas de vezes, não me interrompa dizendo: “Você  disse a mesma coisa um minuto atrás”. Apenas ouça, por favor. Tente se lembrar das vezes quando... você era uma criança e eu li a mesma história noite após noite até você dormir.



Quando eu não quiser tomar banho, não se zangue e não me encabule. Lembra de
quando você era criança eu tinha que correr atrás de você dando desculpas e
tentando colocar você no banho?


Quando você perceber que tenho dificuldades com novas tecnologias, me dê tempo
para aprender e não me olhe daquele jeito...lembre-se, querida, de como eu
pacientemente ensinei a você muitas coisas, como comer direito, vestir-se,
arrumar seu cabelo e lhe dar com os problemas da vida todos os dias...o dia que
você ver que estou envelhecendo, eu lhe peço para ser paciente, mas acima de
tudo, tentar entender pelo o que estarei passando.


Se eu ocasionalmente me perder em uma conversa, dê-me tempo para lembrar e se
eu não conseguir, não fique nervosa, impaciente ou arrogante. Apenas lembre-se,
em seu coração, que a coisa mais importante para mim é estar com você.


E quando eu envelhecer e minhas pernas não me permitirem andar tão rápido
quanto antes, me dê sua mão da mesma maneira que eu lhe ofereci a minha em seus
primeiros passos.


Quando este dia chegar, não se sinta triste. Apenas fique comigo e me entenda,
enquanto termino minha vida com amor. Eu vou adorar e agradecer pelo tempo e
alegria que compartilhamos. Com um sorriso e o imenso amor que sempre tive por
você, eu apenas quero dizer, eu te amo minha querida filha.”






Texto retirado do Blog:http://blogueirasunidasjuntasemisturadas.blogspot.com.br/